Ao tomar Ioimbina não esqueça esta informação vital para a sua saúde

A ioimbina é utilizada com diversos fins, embora, provavelmente, onde mais se conhece é para combater a gordura mais rebelde. Não obstante, trata-se de um produto que envolve riscos e que seria importante conhecer mais detalhes. O que é a ioimbina? A ioimbina é um alcalóide indol proveniente da casca de uma árvore (Pausinystalia johimbre) da África central. Sua utilização é muito variada e em alguns países, você pode ter a mesma sob prescrição médica. Geralmente, o maior uso que se lhe costuma dar a ioimbina é de caráter sexual, isto é, que se emprega para resolver problemas de impotência sexual, no caso dos homens e perda de desejo em ambos os sexos, mas também é conhecido pelo seu efeito de emagrecimento. A ioimbina é um produto que envolve determinados riscos e que seria importante conhecer mais detalhes. Ioimbina musculação Este aspecto da ioimbina é menos conhecido, mas esse produto combina em pequenas quantidades com os outros para aumentar a capacidade de queimar gordura. No entanto, nunca devem ser utilizados estes passam sem contar com a supervisão médica. Também há gente que usa com o fim de aumentar o desempenho esportivo, porém, atualmente, não existem provas firmes do que apoiem essa idéia. Como tomar a Ioimbina A primeira coisa que devemos saber é que sob nenhuma circunstância deve ser consumida sem a supervisão rigorosa de um médico. A dose que se tome terá que ser aplicada ao milímetro, pois o intervalo entre a quantidade ideal e uma overdose é muito estreito. Além disso, o período de consumo deverá ser mais bem breve e aconselha-se começar com metade da dose dos primeiros dias. Comentários sobre a Ioimbina Em função de doses tomadas, a pressão arterial pode aumentar ou diminuir, às vezes até mesmo de forma perigosa. Além disso, uma sobre a dose de ioimbina pode gerar convulsões, insuficiência renal, paralisia, alucinações, taquicardia, insônia, sudorese fria ou priapismo.