Cervejas sem Glúten Cruzcampo, uma alternativa mais interessante para celíacos

As cervejas tornam-se o centro dos encontros sociais e uma ambrósia para muitos em sua alimentação diária. Com o sabor de sempre, Cruzcampo nos sobre uma nova variedade de cerveja sem glúten certificada pela FACE. Você já ouviu falar dela? Não percas nada do que te temos nas próximas linhas. A variedade de cervejas é tão considerável como o número de países que as produzem. Loiras, negras, amargas, doces, artesanato, cevada ou centeio são algumas das muitas modalidades de cerveja que se podem encontrar no mercado. Estamos falando de um dos primeiros alimentos da humanidade e se industrializa desde o final do século XIX. À semelhança do que acontece com os enoturistas, os amantes da cerveja procuram sempre a melhor e aquela que possa diferenciar-se das demais em sua textura e sabor. Além de Portugal, outros países como a República Checa, a Polónia, a Estónia, a Alemanha e a Áustria são algumas das áreas onde se bebe mais cerveja por habitante ao ano. No ano de 2015 foram comercializados 33, 3 milhões de hectolitros, em Portugal, superior ao ano anterior, para não falar que foi o maior crescimento no consumo de cerveja em nosso país desde o ano de 2006. Como são as cervejas sem glúten Cruzcampo Tais números dão conta da influência cada vez mais crescente que esta bebida tem em nossas vidas. Não seria justo que as pessoas com doenças como a doença celíaca não pudessem tomar, sendo uma bebida que realmente adoram. Neste domínio, as cervejas sem glúten tornam-se uma alternativa a ter em conta. Neste sentido, temos de dizer que desde o nosso blog de Saúde testamos a nova variedade sem glúten de Cruzcampo. Em primeiro lugar, você tem de saber que essas cervejas são certificadas pela FACE (Federação de Associações de Celíacos do Brasil), pelo que são totalmente anti-para celíacos. Para confirmar isso, só tens de estabelecer o selo distintivo que aparece nas garrafas. Esta Federação oferece apoio e aconselhamento para celíacos recém-diagnosticados e familiares através de suas associações de membros. O mero fato de que essas entidades sem fins lucrativos, que certifique, tais cervejas, proporciona maior segurança ao consumidor na hora de tomá-los. Há algumas semanas, essas garrafas de cerveja sem glúten de Cruzcampo estão disponíveis em estabelecimentos de hotelaria a nível nacional. Para provar que preservam a essência da marca Cruzcampo, a modalidade sem glúten foi elaborado com as mesmas matérias-primas que seus antecessores, ou seja, água, lúpulo, malte de cevada, o milho e o fermento. Em seu processo de fabricação, por meio da hidrólise, foi removido o glúten, deixando o resto dos elementos intactos e mantendo todas as suas propriedades, assim como o seu sabor característico. Para nós, particularmente, nos pareceu uma opção mais interessante para as pessoas que não podem processar e absorver o glúten, uma vez que elas também terão a oportunidade de desfrutar do seu sabor. A cerveja, com um teor alcoólico de 4, 8% em volume e um teor de glúten inferior a 20 mg/kg (medida autorizada pela FACE), mana daquela cor loiro pálido quando temos derramado sobre as nossas canecas de vidro. Na hora de testá-la, aquele toque refrescante é o mais grato dos momentos de máximo calor. Ao entrar em contato nosso paladar com seu líquido dourado, temos apreciado um sabor mais atraente, suave e com um aroma frutado. Como pano de fundo se vê um amargor mais moderado. A cerveja sem glúten de Cruzcampo está livres de organismos prejudiciais para a nossa saúde e que não tenham sido alteradas geneticamente. Elaboradas especificamente para celíacos, a rotulagem destas cervejas ajusta-se à legislação vigente. Em suma, pode-se dizer que a cerveja sem glúten de Cruzcampo é uma alternativa mais interessante para os celíacos, que também poderão desfrutar do sabor tão característico desta mítica cerveja. E vós?, o que vos parecem as cervejas sem glúten de Cruzcampo?