Multivitamínicos: Por Que tomá-los, Tipos e Composição, Benefícios, Por que são Necessários para os Atletas

As vitaminas e minerais são, sem dúvida, elementos indispensáveis para o bom funcionamento do organismo. Principalmente em algumas fases da vida, como gravidez, estágios de crescimento ou práticas intensivas de esportes ou atividades físicas, o corpo requer este tipo de suplementos e na maior medida ou de maneira adequada. Os complexos Vitamínicos ou Multivitamínicos, são um dos suplementos alimentares mais consumidos na atualidade, tanto para compensar dietas pobres ou escassas em nutrientes, como para reforçá-las diante de grandes gastos de calorias em treinos intensos. Eles são compostos, em maior medida, por vitaminas e minerais, e seu consumo varia de acordo com a idade e o sexo da pessoa. Uma cápsula de vitaminas nos fornecer uma quantidade significativa de nutrientes essenciais, que, de outra forma, devemos tomar separadamente a partir de múltiplas fontes Tanto o ritmo de vida que muitas pessoas levam na atualidade, como as dietas monótonas, impedem que a alimentação deve ser suficientemente certa para fornecer o corpo com todas as vitaminas e minerais que você precisa. Além disso, atletas e desportistas, possuem um gasto calórico e de energia maior, por isso que a demanda de nutrientes é superior e nem sempre chega a ser compensada através da alimentação habitual. Nestes casos, os multivitamínicos servem para acompanhar e melhorar a adição de vitaminas e minerais necessários Dentro do amplo catálogo de Suplementos Multivitamínicos podemos encontrar diversos tipos, em função das necessidades do cliente em questão. De tal modo, é possível que, se pessoas que seguem um regime vegano ou vegetariano pode comprar Suplementos de Vitaminas Adequados para Veganos, Suplementos Vitamínicos Especiais para a Mulher, ajustando-se certas quantidades de vitaminas e/ou fornecendo substâncias benéficas para melhorar o perfil hormonal, como o caso de ácidos graxos essenciais, ou para mulheres grávidas ou em processo de gravidez, onde é muito recomendável a ingestão de Ácido Fólico. Em outros casos, se a pessoa quer dispensar a toma de um Suplemento de Vitaminas sem Ferro, seja com a toma de medicamentos ou por qualquer outra questão, também há essa opção Vitaminas Tudo multivitamínico deve conter vitaminas, tanto hidrossolúveis como lipossolúveis. As primeiras se dissolvem em água, e não são armazenadas no organismo, pelo que não existe risco de toxicidade. Enquanto que as lipossolúveis sim são armazenados, mas para produzir efeitos negativos se devem ingerir quantidades muito desorbitadas, e para nada recomendáveis quando tomamos suplementos deste tipo. Minerais Juntamente com as vitaminas, uma série de minerais, tendo presente que não existe interação entre esses elementos. Mais tarde se amplia este conceito. Dentro do grupo de minerais diferenças de dois tipos, em função do aporte necessário. Assim teremos os macrominerales (são necessários em quantidades superiores a 100mg/dia) e os microminerales ou oligoelementos (são necessárias quantidades muito inferiores, apenas traços). Geralmente, para concluir com o aporte de macrominerales recomenda-se obter a partir de suplementos específicos, ou seja, que apenas contêm o mineral em questão (Cálcio, Magnésio...). Aqui você pode expandir mais informações sobre os Benefícios do Magnésio para o Esporte. Antioxidantes Também é freqüente encontrar determinados trechos de ervas, com o fim de proporcionar uma maior riqueza nutricional e, sobretudo, do ponto de vista da saúde. Algumas destas substâncias são conhecidos como Fitonutrientes que contribuem com importantes propriedades: anti-inflamatório natural, analgésico, anti-bacterial, fortalecer o sistema imunológico, regular a pressão arterial, saúde cardiovascular, colesterol... Evovits Evovits é uma fórmula à base de micronutrientes (vitaminas e minerais), junto a outros importantes elementos, os antioxidantes, a partir de extratos naturais de ervas, cuja missão é reforçar a nutrição diária de qualquer pessoa com o fim de evitar carências, e, assim, para optimizar a sua saúde. Em cada cápsula de Evovits encontraremos: Ninguém lhe escapa que hoje em dia manter uma alimentação correta é uma tarefa bastante complicada. O mero fato de não contribuir com o aporte necessário de apenas uma vitamina, já joga contra nós. Tanto uns como outros são elementos fundamentais porque fazem parte de outras moléculas importantes como enzimas, coenzimas e até alguns hormônios. Os suplementos multivitamínicos reforçam o aporte de micronutrientes diários Os multivitamínicos são os suplementos alimentares mais universais que são indicados em qualquer esporte e para cada atleta. As vitaminas e os minerais são substâncias que fazem parte de vários processos biológicos e são essenciais para a saúde e a produção de energia. Evitar um Défice de Vitaminas Não há evidência científica de que um suplemento de vitaminas e minerais melhore a atividade esportiva diretamente, mas conhecendo a sua importância no organismo não é razoável presumir que possam contribuir para melhores prestações, ou quanto menos para evitar o baixo rendimento, causado por alguma deficiência alimentar. Se você fizer desporto regularmente, tomar um suplemento Multivitamínico irá ajudá-lo a manter um bom desempenho físico Ao contrário da crença popular, as vitaminas e os minerais não se dão energia, mas sim desempenham um papel chave no metabolismo dos carboidratos e das gorduras, que são os principais combustíveis do músculo durante o exercício. Também estão envolvidos na reparação e construção de proteína muscular em resposta ao treinamento. Os processos metabólicos, como o metabolismo energético e na síntese de proteínas são movidos pelos reguladores bioquímicos no corpo conhecidos como enzimas metabólicas. Estas enzimas requerem coenzimas ou co-fatores para poder funcionar corretamente e algumas vitaminas atuam como co-fatores para as enzimas metabólicas Há uma série de razões por que um atleta de competição deve considerar a suplementação com vitaminas e minerais de cara a maximizar a sua dieta, e favorecer a ótima recuperação utilizando o correto balanço de micronutrientes: Maior desgaste físico O desgaste físico dos atletas é o primeiro motivo para procurar um aporte extra de estas substâncias, já que durante a prática esportiva a atividade física eleva a necessidade destas. Uma adequada recuperação e reparação de tecidos requerem uma grande quantidade de vitaminas e minerais que participam da síntese de novas células e tecidos. Perda de vitaminas e minerais através do suor A desidratação por pequena que seja, comporta uma queda acentuada do desempenho. O exercício produz calor e, como conseqüência dele perda de líquidos, e agora, com eles também serão excluídos vitaminas e minerais, tão necessários para o bom funcionamento do organismo. Maior aporte calórico Os atletas também tendem a comer mais do que uma pessoa sedentária e as vitaminas e minerais dos emprega-se o corpo para processar os alimentos, assim que a maior quantidade de alimentos mais necessidade desses elementos. Deficiências nutricionais Com independência de que o atleta procure a ajuda de certas vitaminas ou minerais por alguma ação específica, é de todo indispensável o uso de um complexo protege o corpo de qualquer deficiência. Manter uma saúde óptima favorecer o desempenho físico e isso só se consegue através de uma quantidade adequada de vitaminas minerais. Reforço antioxidante Também não podemos esquecer que são várias as vitaminas e minerais que possuem atividade antioxidante e, como já sabemos, durante o exercício e com a combustão do oxigênio são geradas grandes quantidades de radicais livres que, entre outras coisas atrasam a recuperação, além de afetar de forma importante as células e os órgãos, pelo que este tipo de suplemento contribui para reduzir essas ações negativas. Precariedade nutricional dos alimentos, hoje em dia, Uma outra razão para a importância de tomar um multivitamínico é a precariedade nutricional que apresentam muitos alimentos hoje em dia, devido aos métodos agressivos de produção. Com eles se empobrecem os solos de cultivo das excessivas de coletas que não lhes deixam tempo de remineralizarse, os pesticidas empregados, os adubos químicos, o processo de transporte, a exposição solar ou em ambientes enquanto estão armazenados... Tudo isso faz com que os alimentos que são obtidos sob essas condições sejam pobres em determinados itens alimentares, principalmente vitaminas e minerais. Na hora de tomar um suplemento de vitaminas é aconselhável realizá-lo junto a uma das refeições que fazemos durante o dia, sendo preferível com o pequeno-almoço. Desta forma, podemos tomar por costume e evitar esquecer de tomá-lo. Na maioria dos casos, estes produtos fornecem vitaminas lipossolúveis (vitamina D, K), ou seja, é necessária a gordura para sua correta absorção. Por outro lado, as vitaminas do grupo B, contribuem para converter em energia os alimentos que se ingerem. Às vezes saltam alarmes, e por alguma informação que acabamos de ver, a nossa visão sobre esses produtos nubla. Começamos a investigar e pensar que podem causar algum tipo de dano ou efeito colateral. Mas o certo é que se fazemos caso as indicações do fabricante, e tomamos a dose recomendada, não temos que sentir esta sensação. Por outro lado, um certo medo sim pode resultar da combinação que o fabricante tenha utilizado na fórmula do suplemento de vitaminas e minerais. Existem algumas que não são recomendadas devido a que se produz uma interacção entre os elementos, o que faz com que não se chegue a absorver certos nutrientes. Não tomar Cálcio e Ferro Não se recomenda tomar cálcio se, por sua vez, se toma ferro, e ambos se encontram na mesma fórmula. Isto se deve a que o cálcio pode interferir na absorção do ferro. Nesse caso, você pode optar por tomar o multivitamínico que contém ferro em o pequeno-almoço, e mais tarde, por exemplo, com almoço e jantar, tomar o suplemento de cálcio. Por outro lado, a Vitamina C sim potência a absorção do ferro. Medicamentos Se nos encontramos sob tratamento medicamentoso prescrito por um médico, antes de começar a tomar um suplemento multivitamínico você deve consultar com o seu profissional de saúde.