O que são as Saponinas?

As saponinas, pertencem ao grupo de fitoquímicos, uma das várias estruturas que se descobrem nas fontes vegetais. Estas substâncias apresentam uma série de características, tais como: não ser nutritivas, além de oferecer proteção contra agentes externos. São nutrientes não essenciais, o que significa que não são necessários para o corpo humano para manutenção da vida. Apesar disso, é sabido que as plantas produzem estes produtos químicos para proteger-se a si mesmos, mas pesquisas recentes mostram que também podem ajudar a proteger os seres humanos contra as doenças, efeito antimicrobiótico e propriedades antibacterianas, e mesmo estes princípios ativos são utilizados pela indústria farmacêutica. Há mais de mil fitoquímicos conhecidos. As saponinas esteróides ou esteroidais, recebem esta denominação devido a sua estrutura molecular pode identificar-se com a de hormônios esteróides do corpo, por exemplo, estrógeno e testosterona, e por isso, as plantas apresentam uma atividade hormonal marcada como tal. Neste sentido, introduzido como suplemento deste tipo de saponinas pode ajudar a otimizar o ambiente hormonal do nosso corpo, estimulando o crescimento muscular e elevar os níveis de testosterona, e apoiar, por conseguinte, o desempenho físico. Por se tratar de componentes de origem natural, não sintética, teremos certeza de que não vão causar nenhum tipo de efeito secundário ou colocar em risco a nossa saúde. É mais, se bem que se caracterizam estas substâncias serão por seus benefícios para a saúde, como veremos mais adiante. As saponinas têm propriedades devido à sua estrutura química, que as caracterizam pela capacidade de criar uma espuma de sabão quando se movem em uma solução formando uma espécie de "detergente". Este comportamento propicia que se unam, de forma fácil, a nível molecular, com a água e outras substâncias, tais como o colesterol e as gorduras. Neste sentido, as saponinas apresentam um comportamento tal como um agente espumante ou emulsionante. Essa capacidade de gerar uma ponte entre duas moléculas polarmente opostas, tal como acontece com a água e óleo, permite que as saponinas interaccionen com as moléculas apresentam na superfície da membrana celular. A estrutura anfifílica das saponinas, permitem associar-se a nível molecular, com as moléculas de colesterol localizadas sobre as células intestinais. Uma vez gerada a união, as saponinas, propiciariam a formação de poros na superfície da célula, produzindo um aumento de sua permeabilidade e estimulando o fluxo de outras substâncias e nutrientes do sangue. As saponinas podem contribuir para melhorar o nosso estado de saúde, e entre estas, encontramos as seguintes propriedades: Nas plantas, as saponinas são encontradas principalmente nas peles de plantas, onde formam uma camada protetora de cera. Também é uma parte importante do sistema imune ativo das plantas e exercem uma função como "antibiótico natural" para elas. Dentro da gama de suplementos, podemos encontrar aqueles que darão saponinas a partir do extrato natural, como pode ser o caso do Tribulus Terrestris. Uma indicação na hora de adquirir um produto com estas características será observar o conteúdo e % de saponinas. Trata-Se de um extrato derivado da aveia, como remédio herbáceo natural, usado para uma série de condições, tais como melhorar os níveis de energia, humor, capacidade de resistência, reduzir a fadiga mental, e aumentar o desejo sexual. As saponinas se unem com sais biliares e o colesterol no trato intestinal, agindo como "sequestradores de ácidos biliares". Os ácidos biliares são compostos usados para digerir as gorduras que são produzidas pelo fígado a partir do colesterol. As saponinas se ligam ao colesterol, formando pequenas micelas, que contém a bile e patógenos (moléculas que formam grandes demais para serem absorvidos através da parede intestinal), portanto, passam pelo trato digestivo e são excretados pelas fezes. As saponinas podem causar uma diminuição do colesterol ou impedindo a sua reabsorção e aumentando sua excreção. As saponinas podem prevenir o risco de cancro. Isto pode ser devido aos efeitos moduladores do sistema imunológico das saponinas, que aumentam a atividade anti-tumor no corpo. A estimulação da secreção de ácidos biliares no trato intestinal e a atividade antioxidante também pode contribuir para isso. Os antioxidantes previnem o dano celular protegendo os lipídios de reações de oxidação de radicais. As saponinas, evitam a oxidação do colesterol no cólon, o que também pode ajudar a reduzir o dano do cólon e o risco de câncer. Também previnem a degeneração do DNA, as proteínas e protegem as células dos danos dos radicais livres. Do mesmo modo, colaboram para manter uma melhor textura e firmeza da pele, permitindo ter um aspecto muito mais jovem, apesar do passar do tempo. Além disso, fortalecem o cabelo e as unhas. As saponinas derrubam e limpam a matéria impregnada nas paredes do cólon e promovem o crescimento de bactérias boas e diminuem as bactérias nocivas. Este equilíbrio saudável faz com que o corpo tenha um sistema imunológico mais saudável de forma natural, para ajudar a eliminar as causas de freqüentes resfriados e gripes, parasitas, fungos e outras infecções por bactérias, assim como distúrbios digestivos e prisão de ventre. As saponinas também pode reduzir e retrasas o aparecimento de patologias relacionadas com a deterioração do sistema ósseo, como é o caso da osteoporose, onde ocorre a perda progressiva da densidade óssea. Assim, os sintomas derivados, como dor articular ou rigidez podem ser mitigados. Em pessoas de idade avançada implica um benefício de face a possíveis acidentes onde se possam sofrer fraturas.