Um ativo de bagas de coral pode tratar a asma

Um ativo da planta baga de coral pode tratar a asma, tal como afirmam, desde o Instituto de Biologia Farmacêutica da Universidade de Bonn (Alemanha), cujos pesquisadores consideram que podem criar um novo fármaco contra a asma utilizando esta baga ou coralberry. Tratamento da asma com a planta baga de coral A planta baga de coral, denominada cientificamente como ardisia crenata, é mais conhecido como enfeite de natal, que por suas propriedades medicinais. Não obstante, esta investigação sustenta que as bagas de coral contém em suas folhas uma substância chamada FR900359, capaz de frear quase completamente o estreitamento das vias respiratórias, que ocorre durante os processos asmáticos. Esta constatação pode marcar um antes e um depois no tratamento medicinal este tipo de transtornos. "Este novo composto inibe a proteína Gq, as moléculas que apontam as células onde ocorrerá a reação", explica Daniela Wenzel, líder do estudo. Esta substância só foi testada em camundongos por o momento, evidências que provaram que tem um efeito mais duradouro e apresenta menos efeitos colaterais que o medicamento atualmente mais usado contra a asma, o salbutamol. A planta baga de coral pode frear o estreitamento das vias respiratórias, que ocorre durante os processos asmáticos. E é que a inflamação brônquica característica dos ataques de asma tem lugar quando as proteínas Gq, responsáveis pela dilatação ou constrição das vias respiratórias, reage a um alérgeno externo. Segundo este grupo de cientistas, a FR900359 pode travar esta reação nas vias respiratórias dos suínos e humanos ex vivo (em ambientes artificiais fiera do organismo) e em ratos in vivo. Além disso, os especialistas afirmam que não gera efeitos colaterais, já que atua diretamente sobre o trato respiratório, sem afectar a pressão arterial e a freqüência cardíaca. "Quando inhibimos a actividade das proteínas Gq com FR900359 conseguimos um efeito muito maior do que com outras substâncias", diz Michaela Matthey, outra científica, que faz parte do projeto. No entanto, esta substância ainda não foi testada em seres humanos, o que ainda há muito a investigar este aspecto. Chama a atenção o fato de que, apesar de tratar-se de uma planta muito popular, apenas foram investigadas as suas propriedades medicinais. Hoje em dia, graças a este estudo, sabemos que o seu conteúdo em FR900359 pode ser uma grande chave para combater os sintomas mais incômodos dos episódios asmáticos com mais eficiência do que os fármacos utilizados atualmente e sem tantos efeitos colaterais. O que fariam vocês sobre o uso da planta baga de coral para tratar a asma?